Ficha SelectPorAl

Imprimir


 

 

 

 

 

Designação do projeto | SelectPorAl – Seleção e melhoramento genómico de características produtivas do Porco Alentejano

Código do projeto | ALT20-03-0145-FEDER-000032

Objetivo principal | Reforçar a investigação, o desenvolvimento tecnológico e a inovação

Região de intervenção | Alentejo

Entidade beneficiária | Centro de Biotecnologia Agrícola Agroalimentar do Alentejo - CEBAL

Data da aprovação31-05-2016

Data de início01-09-2016

Data de conclusão | 28-02-2021

Custo total elegível | 567 730,20 EUR

Apoio financeiro da União EuropeiaFEDER - 480 870,67 EUR

Apoio financeiro público nacional/regional | 14 680,70 EUR

Objetivos, atividades e resultados esperados

Os dois objetivos principais do projecto são identificar marcadores genéticos associados com vários fenótipos de importância económica (crescimento, produtividade por porca, características da carcaça e qualidade da carne), e desenvolver um sistema de traçabilidade molecular para o Porco Alentejano e os seus produtos, baseado na identificação de SNPs específicos para a raça. A informação gerada neste projeto será posteriormente utilizada no programa de melhoramento genético da raça, cuja efetividade será aumentada com a incorporação da informação derivada dos marcadores moleculares.

A metodologia proposta é baseada em sequenciação de última geração, para identificar e desenvolver os marcadores moleculares para cada característica. Especificamente, o método genotipagem-por-sequenciação (GBS – genotyping-by-sequencing) será utilizado para identificar a variação genética existente nos animais estudados para cada fenótipo. Depois, análises estatísticas serão executadas para identificar os SNPs associados com desempenhos produtivos superiores.

O nosso objetivo é identificar marcadores genéticos para crescimento, avaliado nas diferentes fases do ciclo de produção (desde o desmame até ao abate), produtividade por porca, definida como o número de leitões desmamados por porca por ano, características da carcaça, com destaque para o peso dos presuntos e das paletas, e qualidade da carne, focando em várias propriedades físicas e químicas.

O sistema de traçabilidade molecular será um mecanismo crucial para assegurar a proteção adequada aos produtos derivados do porco Alentejano. Iremos analisar a variabilidade genética existente na raça e noutras raças que também devem fazer parte do sistema, tais como as outras raças Potuguesas de suínos e as principais raças comerciais. Uma vez implementado, este sistema utilizará um número moderado de SNPs, cujos genótipos oferecerão o poder estatístico necessário para atribuir à sua raça de origem uma amostra de DNA de origem desconhecida.

As atividades previstas no projeto incluem: